terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Mensagem de fim de ano! Feliz 2014

E 2013 chega ao seu final. Hoje muitos vão olhar para trás, como quem olha para um caminho percorrido, e verem as flores e as pedras da estrada. Vão sorrir ou chorar, se orgulharem ou se envergonharem de algumas atitudes, se lamentarem ou regozijarem por uma coisa ou outra que poderiam ter feito, mas escolheram não fazer. É assim com todo final, seja ele de um namoro ou de uma vida!
2013 veio como uma folha em branco, onde cada um de nós poderia escrever o que quisesse. Quantas histórias belíssimas foram registradas? Aventuras, dramas e romances, cheias de clichês ou não, com músicas marcantes e imagens inesquecíveis, do jeito que você sempre quis! Há quem realizou sonhos, como também existem aqueles que ainda estão a sonhar e outros que caminham com o pé firme no chão e os olhos fixos no horizonte distante. Não havia regra específica, afinal, estamos falando da vida, e na vida, a única certeza é que um dia ela acaba. E mesmo diante dessa certeza há dúvidas enormes: Quando? Onde? Como?
2013 nos trouxe alegrias e tristezas, mas permaneceu junto de nós e como nos casamentos dos contos infantis, apenas o fim está nos separando. Tente olhar para ele com amor, afinal, foi você que lhe deu forma. Caso não tenha ficado como imaginou, não se desespere, algumas obras de arte demoram décadas para serem devidamente compreendidas e admiradas.
Hoje vamos nos despedir de 2013. Vamos nos despedir de uma etapa de nossas vidas. Outra folha em branco vem aí. Ou, quem sabe, um bloco de mármore virgem? Nos dois casos a obra de arte já está lá e precisa de nossa ajuda para ganhar forma. Você já teve tempo para praticar, sabe o que dá certo fazer ou não, onde pude usar a força e onde tem que ser delicado para não arruinar tudo. É questão de arregaçar as mangas e se por a trabalhar. O sucesso depende mais da transpiração que da inspiração e você já sabe disso. Não perca tempo se comparando com ninguém, não gaste energias em projetos que não lhe pertencem e não deixe que ninguém te convença a não investir naquilo que só você sabe o quanto é importante.
2014 pode ser a sua obra prima! E para que seja da maneira que você imagina, dedique-se a ele com amor, humildade, paciência e seriedade. Esse mundo é como um espelho, sempre reflete o que damos a ele.
Então desejo a cada um de vocês um 2014 repleto de saúde, paz, amor e grandes realizações. Que este seja o ano que você aguarda a muito tempo, aquele que trará a chance de mostrar o seu grande potencial e dar inicio à vida que você sonha viver, afinal, felicidade é viver um momento que você não deseja que termine. Que estes momentos sejam abundantes sempre!
Feliz Ano Novo!

Emerson Luiz

SÉRGIO GUERRA (PSDB) APOIARÁ EDUARDO CAMPOS

 / Michele Souza/JC Imagem

Michele Souza/JC Imagem


(JC ONLINE)
O PSDB já está de malas prontas para ingressar no governo Eduardo Campos (PSB). Ontem, o presidente da legenda em Pernambuco e deputado federal, Sérgio Guerra, se reuniu com o governador Eduardo Campos (PSB) para acertar os detalhes. Segundo interlocutores do Palácio das Princesas, é possível que os nomes dos tucanos que assumirão cargos na gestão do PSB sejam apresentados na próxima quinta-feira (2), quando o governador deve anunciar os novos secretários, após a reforma administrativa.
O socialista reduziu de 28 para 23 o número de pastas e precisará substituir os secretários que voltarão aos postos de deputados estaduais para a eleição de outubro, caso de Alberto Feitosa (Turismo).
“O governador convidou a PSDB para participar do governo e vamos trabalhar uma aliança para 2014. O PSDB caminha para desenvolver uma coligação com o PSB nas próximas eleições em Pernambuco”, disse Sérgio Guerra, após confirmar o ingresso no governo socialista.
Caberá ao PSDB indicar nomes para assumir os cargos deixados pelo PTB desde que o partido decidiu se descolar da base socialista por causa da candidatura a governador do senador Armando Monteiro Neto: a Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo e a presidência do Detran.
O dirigente tucano, entretanto, preferiu não estipular uma data para que o PSDB assuma os postos. Internamente, se comenta que ele conversará novamente sobre a aliança com o presidente nacional da sigla, o senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB), e com a bancada da Assembleia Legislativa (PSDB), que é contrária à coligação, já que foi eleita para fazer oposição ao governo Eduardo Campos. Correligionários esperam voltar a conversar com Sérgio Guerra em meados de janeiro.
Porém, o discurso de Guerra não parece estar alinhado com o das demais lideranças. Notícia postada ontem no site do PSDB-PE cravando a aliança estadual com o PSB causou mal-estar. Demonstrando surpresa, alguns tucanos classificaram a postagem de “equivocada”. “Os parlamentares são responsáveis por seus mandatos. E isso, o partido sempre respeitou”, diz o texto.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Médicos denunciam sucateamento do Hospital de Arcoverde

Saiu no blog do Magno Martins!

















Carlos Cavalcanti
Da equipe do blog

Um grupo de médicos do Hospital Regional de Arcoverde enviou ao blog nesta segunda-feira (30) uma carta-denúncia relatando diversas irregularidades na unidade, responsável pelo atendimento não somente a pacientes do município, mas de toda a região do Sertão do Moxotó, o que a eleva como um dos principais pontos de atendimento do estado.

Entre as razões apontadas para o atual sucateamento do local está a nomeação da médica recifense Laracy Soares de Melo pelo secretário estadual de Saúde, Antônio Figueira, para gerenciar a instituição. Segundo o documento, a gestora “ausenta-se e reaperece quando bem entende e na sua falta deixa uma assistente sem poder de decisão. [...] O resultado é a falta de medicação, material e manutenção, deixando o hospital numa situação calamitosa”.

De acordo com o grupo de profissionais que assinam o documento, o último grande investimento feito na unidade aconteceu entre os anos de 2004 e 2006, quando foi construída a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e instalados equipamentos dos setores de tomografia e radiografia. Contudo, os médicos alegam que o governo estadual, ainda que avisado, não efetuou as devidas manutenções nos aparelhos, o que teria ocasionado sua perda, assim como a interdição de quatro dos seis leitos da UTI.

















Ainda com relação ao caos instalado na Unidade de Terapia Intensiva, os médicos denunciam a falta de medição e de material para proporcionar aos pacientes uma nutrição adequada. A maior parte dos equipamentos eletrônicos e ventiladores mecânicos, de acordo com os profissionais, atualmente não funciona, o que forçou o hospital a liberar apenas dois leitos.

O bloco cirúrgico da unidade possui apenas um carro de anestesia, o que limita os médicos a só realizarem procedimentos de urgência. Não há salas de recuperação pós-anestésicas e a maternidade, que seria responsável pela realização de cerca de duzentos partos por mês, não conta com neonatologista, e a pediatra de plantão só comparece ao local de trabalho em alguns dias da semana.

















A principal sala de cirurgia possui um gotejamento permanente causado pela falta de reparos no condicionador de ar, infiltração localizada acima de uma das tomadas do cômodo. Outas duas salas possuem reparos nas paredes com reboco aparente. Das três autoclaves disponíveis na unidade, apenas uma funciona.

O grupo denuncia, ainda, a ocupação de cargos técnicos por funcionários terceirzados, contratados para exercer funções burocráticas, mas que atuam como técnicos de enfermagem. Os valores repassados pelo governo estadual para a unidade também é criticado pelo grupo. Segundo eles, a verba mensal de R$ 269 mil não sustenta um hospital de tal porte.

Entre as sugestões apontadas pelos médicos para melhorar os problemas apontados estão: o aumento do valor do cofinanciamento; fim da ingerência política para nomeação da diretoria por meio de concurso mediante seleção simplificada e lista tríplice; capacitação do escolhido para assumir a direção com um mínimo de conhecimento administrativo; concurso urgente para o pessoal da enfermagem; contratação de outros profissionais essenciais para uma boa assistência (fisioterapeutas, farmacêuticos e nutricionistas); fechamento temporário da UTI e reforma dos equipamentos; abertura de procedimento investigativo para apurar responsabilidades e avaliar penalidades, tanto de médicos como do Governo do Estado.

Venturosa perde mais um filho. Adeus Lorival de Almeida (Louro Gato)

Louro Gato - Imagem da internet - Edição do Blog
Na madrugada do domingo para a segunda (30) faleceu o senhor Lorival de Almeida, dono do Posto 5 irmãos, popularmente conhecido como Louro Gato. Seu Louro era uma pessoa iluminada que com seu otimismo e bom humor conquistava a todos que delem se aproximassem. Deixa saudades e boas memórias, mas parte para iluminar um pouco mais o nosso Céu.

domingo, 29 de dezembro de 2013

Fim de Ano

Final do ano chegando.
As luzes ainda acesas
do Natal nos lembrando.
Lista com metas coesas
e um ano pra mudar de vida.
Uma irreal terra prometida.
Dezembro, mês de clichê!
Mais clichê só a vida
que sempre termina degradê
com uma alma em despedida!

Emerson Luiz

Os que buscam o poder sempre irão se opor a Jesus



O evangelho de hoje (Mt 2,13-15.19-23) nos mostra as primeiras perseguições sofridas por Jesus, ainda na sua infância. O rei Herodes, louco, vê o nascimento do Rei dos Judeus como uma ameaça ao seu próprio reinado, e para assegurar-se de que nada lhe ocorreria, manda matar todas as crianças em idade próxima a que teria esse rei. A fuga de José e Maria com o menino Jesus nos remete à figura de Moisés, lançado no Nilo para escapar da fúria do Faraó.

Moisés o libertador do povo hebreu que era escravo no Egito, Jesus, o filho de Deus, libertador de todo ser humano, que veio resgatar-nos e tornar a todos filhos e filhas de Deus.

Desde o seu nascimento Jesus é vítima de perseguições. Hoje, mais de dois mil anos após, tudo o que ele representa continua a ser perseguido por aqueles que governam o mundo. O Nazareno ensinou sobre paz, amor e perdão. Uniu teoria e prática, pois a fé sem obras é morta e nos ensinou que o Pai perdoa nossos pecados da mesma forma que nós perdoamos as ofensas que recebemos. Jesus pregou uma verdadeira revolução interior, condenou abertamente a hipocrisia e a opulência da elite religiosa do seu tempo. Hoje os fariseus continuam a infestar os templos, a cobrar cada centavo dos impostos, a sobrecarregar a fé com atos exteriores e exigir dos outros uma santidade que nunca terão! O joio continua a crescer do lado do trigo.

Foi Jesus que disse que nunca devemos descuidar. Nós também podemos ser joio se nos afastarmos dele, afinal, vemos com facilidade o cisco no olho dos outros enquanto ignoramos as traves que estão nos nossos. E num mundo consumista, individualista e hedonista como o nosso, a proposta de Jesus, o Reino que ele veio inaugurar já aqui e que será levado à plenitude no Grande Dia do Senhor, ameça muitos interesses. 

Por isso as perseguições físicas e ideológicas. Por isso muitos divulgam apenas o pseudo cristianismo das bençãos materiais e do progresso financeiro e ignoram o que condena o amor ao dinheiro, a caridade com o próximo e a fraternidade com todos os seres humanos.

Cristo instruiu seus discípulos a praticarem o desprendimento, quem tinha duas túnicas ficasse apenas com uma, se agredidos, dessem a outra face, amassem quem os odiava e praticassem o bem. Essa não agressão revolucionária motivou líderes como Mahatma Ghandi e Nelson Mandela, mas tem se perdido em meio ao espetáculo das falsas curas, dos grandes empresários, das rezas infindáveis e práticas externas que pouco levam a um encontro pessoal com o Cristo!

O deus mercado tem o seu papai Noel, a troca de presentes no lugar da partilha fraterna e desinteressada, o espetáculo de luzes e não o encontro com o eu interior. A opulência de mesas fartas denuncia a pobreza a que um terço do mundo é condenada, as milhares de crianças que morrem diariamente vítimas da fome e de muitas doenças.

Herodes continua a perseguir o menino Jesus. Procura destruir tudo o que ele representa, só que dessa vez de forma mais sútil.

Somente a escolha fundamental, aquela que vem de um encontro pessoal com o Cristo Libertador, é capaz de tirar de nossos olhos as escamas postas desde a nossa juventude.

Que seja sempre o Cristo a nos iluminar.

Que ele abençoe a todos nós!

Uma ótima semana.

Emerson Luiz.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Retrospectiva! As postagens mais populares do blog em 2013!

03/09/2013, 2 comentários

AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL É ASSALTADA EM VENTUROSA - PE



24/07/2013, 3 comentários

Venturosa em Luto por Leane Vaz









01/12/2013, 4 comentários


Venturosa chora a perda de João Tenório (João do Posto)

















20/06/2013, 2 comentários

MANIFESTAÇÕES EM ARCOVERDE - PE Artigo de Opinião - Anderson Oliveira Silva



















Governo Dilma tem trabalhado contra a causa indígena!

Com informações do blog de Magno Martins








O Conselho Indigenista Missionário-Cimi está divulgando na rede uma avaliação do sociólogo Maurízio Lazzaroto com críticas ao governo Dilma. Uma delas diz: “Desde março de 2013 nenhuma terra indígena foi demarcada e medidas foram adotadas no sentido de rever estudos realizados pela Funai”.
O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) é atacado por pressionar pela revisão da área Indígena Mato Preto (RS). A ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) é censurada por “dar à Embrapa a incumbência de elaboração de laudos técnicos para se contrapor aos estudos de identificação e delimitação de terras da Funai”.
O Cimi é presidido pelo Bispo do Xingu, Erwin Kräutler. (O Globo - Ilimar Franco)



2014 está chegando e é hora dos movimentos populares começarem a colocar as cartas na mesa. Durante o atual ciclo de poder do PT no Brasil, muitos permaneceram em silêncio, respeitando o legado histórico do Partido do Trabalhadores na defesa das causas populares. Houve avanços nos governos de Lula e retrocessos no da presidente Dilma.

Quando Kátia Abreu saiu em defesa de Dilma tomei um susto. Como assim? A líder do agronegócio, questionada por infindáveis motivos por um grande número de ONG's, primeira dama dos ruralistas defendendo um governo do PT? Alguma coisa está errada!

Ministros não agem sem a anuência do Executivo, fazem o que são mandados fazer. As críticas e cobranças não devem ser feitas apenas contra eles, mas na figura da própria presidente. Eduardo Campos e Aécio Neves são incapazes de se posicionar como opções nesse sentido: ambos desejam representar o agronegócio e os industriais brasileiros, mas nem por isso devemos nos conformar. O poder emana do povo e para ele retornar, ensinou o iluminista, já passa da hora de aprendermos isso.

Emerson Luiz

2014 vai chegar e a oposição em Venturosa continuará a mesma!


É comum ao final de cada ano que se faça uma retrospectiva do mesmo, com seus pontos positivos e negativos. Isso não deve ser exclusividade dos órgãos de imprensa. Associações, autarquias, empresas e partidos políticos deveriam fazer o mesmo, sempre!

O governo municipal está divulgando a sua em Venturosa. Como se trata de uma propaganda, é claro que sempre vai se destacar o que houve de positivo. A oposição deveria fazer o mesmo, só que na forma de uma autocrítica. O filósofo grego Sócrates dizia que deveríamos sempre julgar a nós mesmos. Jesus também usou esse conceito ao aconselhar que antes de reclamar do cisco no olho do outro, deveríamos tirar as traves que estão nos nossos.

Por meio de emendas parlamentares a oposição conseguiu trazer algumas obras para Venturosa, como a perfuração de poços artesianos e a limpeza e ampliação de algumas barragens. Onde está a divulgação?

Os vereadores da oposição estão unidos de uma forma que há muito não se via. Mas falta informar ao povo o que estão fazendo, como estão representando os anseios populares, fiscalizando o exercício do poder e buscando melhorias para a população. Um informativo seria oportuno, mas até agora nenhum foi impresso.

2014 é ano eleitoral. E mais uma vez lideranças da oposição vão buscar projetos individuais e pedir votos para políticos que não estão comprometidos com o povo de Venturosa. Não vou citar seus nomes, julgo que o povo é sábio para fazer o seu julgamento. Nessa relação serão acertados acordos que muitas vezes vão beneficiar apenas cabos eleitorais e antigos ou futuros candidatos, mas pouca coisa de concreta para a população.

A estratégia usada pela oposição nos últimos 9 anos foi criticar o governo. O que conseguiu com isso até agora? A crítica é necessária, mas deve ser acompanhada por um projeto, um plano de ações que responda aquilo que o povo de Venturosa quer e precisa! Lembro que uma vez propus a realização de seminários populares para dialogar com amplos setores sociais. A ideia nunca saiu do papel porque não foi dada por um político.

Recuso-me a abrir mão da criticidade. As reformas essenciais devem começar dentro da própria casa. Ou a oposição aprende a caminhar unida, em torno de um projeto sério, com metas definidas, ou nunca sairá de onde está. Usando um jargão popular: “É muito cacique para pouco índio”. Muita gente que quer liderar e vê qualquer um que queira contribuir como uma ameaça ao seu projeto individual. Isso precisa ser superado urgentemente.

Essa é a retrospectiva que proponho. Sei que não vai agradar a muita gente, mas nem sempre a verdade agrada a todos.

Continuo a crer que a política é o instrumento mais poderoso para a transformação social, mas a política verdadeira, aquela com “P” maiúsculo. É essa que desejo ver em Venturosa.


Emerson Luiz

Fernando Bezerra Coelho é acusado de beneficiar grande empresário em Petrolina em detrimento dos pequenos agricultores

Fernando Bezerra Coelho sonha em concorrer ao governo de Pernambuco com o apoio de Eduardo Campos
O ex-Ministro Fernando Bezerra Coelho está de férias nos Estados Unidos e de lá recebeu uma péssima notícia do Brasil. Seu tio, o ex-deputado Osvaldo Coelho, em carta à presidente Dilma, fez duras críticas ao socialista que sonha em ser governador de Pernambuco apoiado por Eduardo Campos. Osvaldo afirmou que o projeto Pontal foi entregue a um capitalista e latifundiário em detrimento dos pequenos produtores pelo então Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.

É dessa forma que Fernando pretende governar o estado de Pernambuco? Tirando dos pobres para dar aos ricos? A seguir a carta aberta enviada à presidente Dilma:

À Presidente Dilma Rousseff,

Carta 2 - Tirar o Pontal dos pobres para dar a um rico é roubo

O princípio jurídico segundo o qual a justiça é cega nos faz presumir que todos os homens devem ser iguais perante a lei. Diferentemente do que deve ocorrer sobre a justiça um governante não pode e não deve ser cego. Ao contrario, tem que ter mil olhos para melhor enxergar os problemas da nação e do povo, os acertos e os erros.

Por considerar um terrível erro é que levo ao conhecimento de vossa excelência um assunto, que ao meu ver, contraria sua linha de pensamento. Trata-se do Projeto de Irrigação Pontal, da CODEVASF, localizado em Petrolina-PE, com área irrigável de 7.641 hectares que foi entregue pelo Ministério da Integração Nacional a um grande capitalista para explorar, que nada tem com irrigação, com agricultura e tão pouco com a região semiárida, frustrando centenas de trabalhadores rurais, agrônomos, técnicos agrícolas, que esperam a 10 anos pela conclusão das obras e serem contemplados com o lote irrigado.

É oportuno informar que o parcelamento original do projeto previa 638 lotes para unidades familiares, com média de 6 hectares, e 92 parcelas para pequenos e médios empresários, com média de 35 hectares cada um. Acrescente-se que, quando da desapropriação das terras, no inicio da implantação do projeto, a CODEVASF negociou com os proprietários das terras, que eles seriam contemplados com lotes irrigados, quando o projeto estivesse com suas obras concluídas e entrasse em funcionamento. Esse modelo vem sendo adotado pela CODEVASF em todos os seus projetos de irrigação. Só para exemplificar no Projeto Nilo Coelho, localizado em Petrolina, com área irrigada de 15.000 hectares, foram assentadas 1.559 famílias e 170 empresários entre pequenos e médios produtores. No Projeto de Irrigação Maria Teresa, também em Petrolina, com área irrigada de 4.088 hectares, forma beneficiados 415 unidades familiares e 36 empresas.

O Nilo Coelho e Maria Teresa são projetos de irrigação bem sucedido, economicamente fortes e a expectativa que se tem é que eles continuem a crescer cada vez mais. São projetos emancipados, cuja a operação é feita pelos próprios usuários por meio de um distrito de irrigação, similar aos existentes aos Projetos de Irrigação do Bureau OfReclamantion, na região oeste dos Estados Unidos. É um modelo de cunho social que busca transformar o trabalhador rural em um pequeno proprietário. Esses projetos constituem patrimônio produtor e produtivo de Petrolina, que a impulsiona para o desenvolvimento e para o progresso. De acordo com pesquisa do IBGE, Petrolina ocupou em 2011 a terceira posição no PIB Agropecuário Municipal, no ranking de 5.560 municípios no país. Só superado por Sorriso no estado de Mato Grosso e São Desiderio, na Bahia, ambos municípios produtores de soja.

Quando Vossa Excelência assumiu o governo cerca de 70% da obra do pontal estava concluído, sendo que se poderia colocar em operação, de imediato, 1.600 hectares com pequenas e médias empresas, com o mínimo de custo financeiro para o governo. Os próprios empresários levantariam empréstimos na rede bancaria para implantar seus projetos e começar a produzir.

E o que fez o Ministério da Integração do governo de Vossa Excelência? Esqueceu o modelo vitorioso que vinha sendo adotado. Esqueceu que com esse modelo Petrolina, em pleno semiárido nordestino, é o mais importante produtor de frutas e hortaliças do país , e o maior exportador de manga, uva e acerola para os Estados Unidos, Canadá, Europa e Japão e adotar um modelo de exploração que não existe similar no mundo.

Os senhores de Brasília estão distante de nossa realidade e tomam atitudes e decisões incompreensíveis. Presentear um mega capitalista com um projeto de irrigação de 7.341 hectares, construído com o dinheiro do povo e retirar dos trabalhadores rurais, agrônomos, técnicos agrícolas a possibilidade de ter um lote irrigado é uma decisão, no mínimo equivocada para o governo que visa o bem estar social do seu povo.

Senhora Presidenta, não me parece que vossa excelência esteja a par desse problema. Errar é humano pior e persistir no erro. Por gentileza, ainda temos tempo, suspenda essa ideia insensata de entregar este projeto a uma só pessoa e vamos voltar a um modelo original que beneficiaria 730 trabalhadores.

Finalizo minhas palavras ressaltando a importância do tema que acabo de tratar, para o povo dessa vasta região semiárida, que sonha em ter um dia uma parcela irrigada.

Osvaldo Coelho

Ex-deputado federal por 8 legislaturas (DEM)

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Blog inicia petição para reivindicar melhorias na PE 217


A situação da PE 217, rodovia estadual que liga os municípios de Venturosa, Alagoinha e Pesqueira é precária. Muitos buracos em praticamente toda a sua extensão. Já foram registrados assaltos e acidentes com vítimas fatais e até agora nada tem sido feito para resolver os problemas enfrentados pela população dos três municípios. Para chamar a atenção de nossos governantes, o blog Amo Venturosa iniciou uma petição no site Avaaz.org. 


Clique e assine, exercite sua cidadania e cobre por serviços necessários no estado de Pernambuco. Ajude nessa causa.

Desde já agradeço,

Emerson Luiz
Autor do blog Amo Venturosa

Pepe Mujica deveria ser para os políticos o que o Papa Francisco é para os católicos.

José Pepe Mujica preferiu continuar morando em sua velha casa a ocupar a residência oficial destinada ao governo.


O presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, ocupou capas de grandes jornais ao redor do planeta por ter legalizado em seu país o aborto e o uso da maconha, mas não é por isso que o coloco como modelo para os políticos. Pessoalmente sou contra o aborto e não aprovo o consumo de drogas, sejam elas lícitas ou não, mas Mujica tem mostrado ao mundo outro modelo de político, e é esse modelo que deveria ser imitado.

Mujica doa mais de 80% do seu salário e vive numa modesta chácara. Ele prepara a própria comida e para se locomover usa um Fusca e pauta seu governo de acordo com as necessidades do povo uruguaio. Parece traduzir em atos as célebres palavras de Séneca: "pobres são os que precisam de muito".

Na última reunião oficial par nomear um novo ministro, José Mujica foi de sandálias.

Em entrevista a agência de notícias EFE, Pepe Mujica nos brinda com sua visão de sociedade: "o mundo está prisioneiro hoje da cultura da sociedade de consumo e o que está se consumindo é vida humana, em quantidades enormes", "As pessoas não compram com dinheiro, compram com o tempo que tiveram que gastar para ter esse dinheiro. Não se pode desperdiçar esse tempo, é preciso guardar algum tempo para a vida".

O que diria ele a um político como Renan Calheiros, que usa aviões da FAB para ir até o Recife, fazer implante de cabelos e cirurgia corretiva das pálpebras? Ou a parlamentares como Silvio Costa, que já foram acusados de superfaturar gastos com festas públicas?

Do mesmo modo que o modo de vida simples do Papa Francisco e a sua abertura denunciam a opulência e certa soberba de alguns clérigos conservadores, a vida simples de Mujica, sua fala e suas ações servem para denunciar os parasitas que mantemos no poder em nosso país.


Por que o "The Voice Brasil" nunca revelará um grande artista?

Depois do resultado do programa de ontem, que elegeu o americanizado Sam Alves como "a voz" do Brasil, esse texto torna-se oportuno. Pessoalmente, até a última apresentação de Lucy Alves, simpatizei mais com outro concorrente, apelidado de Bigode Grosso, mas isso até a última apresentação de Lucy Alves. Nas redes sociais o comentário do amigo John Lennon traduz bem o que me fez mudar de opinião:


"John Bezerra Almeida
"Falta tratarem o nordeste como o sul" (Lenine) Lucy alvez parabéns, você foi a melhor da noite, a grande e verdadeira campeã, não queira o titulo da globo não por que assim como em todos esses programas, nunca vi um campeão que deu certo, dura 3 meses depois some. Serve para valorizarmos mais os cantores que temos em nossa região, a grande khrystal que nunca tinha aparecido em programas de televisão, simplesmente fantástica.
Agora Lulu santos na musica minha maior influencia, agora quando diz: eles lá não sabem de nada. me envergonha. um cara que nem passou na primeira etapa no exterior é campeão aqui kkkkkk Lucy campeã indiscutível.
e encerro dizendo mais uma vez: "Falta tratarem o nordeste como o sul" (Lenine)"


O texto de Ricardo Alexandre, publicado no portal msn expressa com propriedade porque Sam Alves foi o eleito, mesmo com Lucy Alves levando todo o Brasil para o palco com sua bela voz, talento e versatilidade. Para ela eu digo: "sua arte chegou primeiro, o sucesso logo virá também".


Por mais holofotes, figurinos, bons arranjos e espaço no horário nobre, não há nem nunca haverá artista sem arte

Por Ricardo Alexandre 19/nov/2013 08:42
Tenho acompanhado a nova temporada de The Voice Brasil, não por interesse profissional, mas porque uma das competidoras, Marcela Bueno, é representante da gloriosa Jundiaí, conheço sua família e, assim, ficamos eu e minha linda esposa em casa comendo pipoca e torcendo por ela. Daí que, sinceramente, espero que ela seja honrosa exceção ao que vou defender neste espaço: o programa The Voice, assim como qualquer outro de seus similares, nunca vai revelar, como nunca revelou, um grande artista.

Não que o programa queira revelar um grande artista. O The Voice funciona muito bem sem essa pretensão. É um programa musical digno, bem feito, bem produzido, entretenimento sem apelações muito rasteiras. O problema não é do programa. O problema é decorrente de uma máxima muito simples, que é ignorada tanto por sua produção quanto por quem se inscreve nele: nenhum artista é maior do que sua arte.
Sam Alves e Marcela Bueno, no emocionante batalha de duas semanas atrás: exposição em rede nacional, defendendo a trilha de uma franquia hollywoodiana 

Isso significa que quando ouvimos falar pela primeira vez de Lulu Santos, 1982, ele veio precedido por sua arte. Era o compositor da música principal do filme “Menino do Rio”, era o guitarrista do grupo Vímana nos anos 70, era o Luiz Maurício da trilha de Plumas & Paetês. Carlinhos Brown (apesar de você pensar que está enrolando o Brasil de caxirola em caxirola há vinte anos), já havia tocado com Luiz Caldas, Caetano Veloso, Paralamas do Sucesso, havia composto “Meia lua inteira” e excursionado ao lado de um monte de gente, antes de lançar seu primeiro álbum solo. E foi assim com Claudia Leite, com Daniel, com os Beatles, com Stravinski, com o Palhaço Carequinha. Seja você um roqueiro, um dodecafonista ou um engolidor de espadas, a regra é esta: o artista é sempre menor do que a arte que ele faz, ele sempre vem depois de sua própria arte.

Lucy Alves e o saudoso Dominguinhos

The Voice, e os shows de talento televisivos, em geral, invertem essa lógica. Jogam o holofote, o maquiador, o horário nobre da Globo, o jornalismo das afiliadas e os programas de fofocas sobre o artista, muito antes de ele ter ao menos pensado em sua arte. É justo chamá-lo de “show de talentos”, porque é tudo o que ele apresenta: talentos brutos, gente abençoada com voz, ritmo, simpatia, carisma, mas sem arte com a qual se comunicar com nossas almas, sem arte que os livrará da obsolescência.

É curioso notar, nos duetos entre os quatro “técnicos”, como, via de regra, os competidores cantam melhor e atingem notas mais olímpicas do que eles. É porque arte não é uma competição, é uma capacidade de outra natureza. E, geralmente, essa capacidade está intimamente ligada às frustrações, ao amadurecimento e à anos e anos de uma vida underground, ao fim da qual, e só ao fim da qual, está a mídia e o estrelato.

Com a lógica inversa do The Voice, gente muito talentosa, mas muito nova e muito crua artisticamente, precisa rodear-se de assessores de imprensa, empresários, maquiadores, precisa saber dar entrevistas, lidar com fã-clube, ter website e driblar produtores pilantras. São agora estrelas, celebridades, com demandas maiores do que a maior parte dos criadores do mundo das artes.

E, quando tiverem tempo, quem sabe nas férias, essas exauridas celebridades possam vasculhar suas almas atrás de algo que queiram comunicar em forma de arte.

E, quem sabe, descubram, a despeito de todas as evidencias, a despeito da minha descrença, que, além de talentosos e carismáticos, são também artistas.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Pedra se prepara para comemorar sua Festa de Reis


Eduardo Campos não confirmou presença no Fórum Mundial, mas Marina deve comparecer ao evento

Governador deve ficar ao lado da mulher que está grávida de sete mesesGovernador deve ficar ao lado da mulher que está grávida de sete meses
(Leia já) O governador Eduardo Campos (PSB) foi convidado a participar, junto com a ex-senadora Marina Silva (PSB), do Fórum Econômico Mundial, que será realizado em janeiro de 2014, na Suiça. No entanto, o presidente do PSB não garantiu a presença no encontro por conta da gravidez da sua esposa, Renata Campos.
A primeira-dama está no sétimo mês de gestação e o governador, mesmo com sua agenda bastante comprometida, deve ficar ao lado da esposa nas próximas semanas.

Agricultor é preso com quase R$ 4.000,00 em notas falsas.

Do JC Online

 / Foto: Divulgação/PF

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal prendeu o agricultor Bruno Ferreira da Silva, de 34 anos, quando tentava repassar notas falsas num bar, na cidade de Catende, na Zona da Mata pernambucana. O suspeito foi preso em flagrante na noite da última quarta-feira (25), no bar Baluca, portando a quantia de R$ 3,8 mil em notas de R$ 100. Conforme informações da PF, Bruno já foi preso em janeiro deste ano por agressão, ameaça e resistência à prisão.
Policiais militares receberam informações sobre o suspeito e foram até o bar, na noite de Natal, para realizar a prisão. Uma garçonete apontou o Bruno, quando ele tentava sair do local. Após ser realizada a revista, foram encontradas 38 notas de R$ 100, totalizando R$ 3,8 mil. Ele foi levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal em Recife.  Em seguida foi encaminhado para o Cotel, onde ficará à disposição da Justiça Federal.