segunda-feira, 28 de maio de 2012

Pesquisa de intenção ou indução na pesquisa?





Será cada vez mais frequente a realização de pesquisas “científicas” para aferir a intenção de voto do eleitorado venturosense. Criou-se na cidade a ideia de que os resultados divulgados são como a palavra de Deus: eterna e imutável. Uma pesquisa de intenção de voto serve para que determinado grupo conheça os desejos do eleitor naquele momento específico, e este, dependendo de vários acontecimentos pode mudar. Isto já foi visto em Pernambuco com o confronto Mendonça Filho x Humberto Costa x Eduardo Campos. Eduardo largou atrás nas pesquisas e hoje é o governador melhor avaliado pelos pernambucanos.

Mas a questão que motiva este post é a formulação do questionário da pesquisa: As perguntas que mais chamavam atenção eram: “Como você avalia o trabalho (do atual prefeito)?” , “Você votaria no candidato indicado (pelo atual prefeito)?”, “Você acha que (aparece o nome do candidato apoiado pelo prefeito) quando eleito vai continuar o trabalho do prefeito?” E só depois se pergunta em quem o entrevistado deseja votar. Antes que me esqueça, o entrevistado é obrigado a fornecer seu endereço e dados pessoais específicos, como telefone e número de documentos. Tudo para preservar sua identidade, claro.

Outra questão interessante é o uso da imagem do governador Eduardo Campos. As vésperas de sua visita a pesquisa interrogava: "Você votaria no candidato apoiado pelo governador"?

Como várias pessoas tem relatado a este blogueiro, funcionários já sofrem pressão e são questionados em quem vão votar. Alguns afirmam que são ameaçados em seus locais de trabalho então não será nenhuma surpresa que com esse método transparente, científico e democrático de perguntar, o candidato apoiado pelo prefeito mais uma vez lidere as pesquisas de intenção de voto.

E caso minha previsão se confirme essa pesquisa pode ser divulgada como as duas últimas: com queima de fogos nos quatro cantos da cidade e com cabos eleitorais gritando resultados nunca registrados ou então com os cabos eleitorais virtuais divulgando (inexistentes) índices de rejeição em redes sociais, o que poderia ser tratado como crime eleitoral, já que estas pesquisas precisam ser registradas antes de realizadas e terem seus métodos explicitados.

Cabe então ao grupo oposicionista não apenas questionar a validade do método, mas, em breve, contratar um instituto isento e divulgar pesquisa própria, o que deverá ocorrer durante o período eleitoral, após o registro dos seus candidatos.

Eduardo Campos e o Ministro Mendes Ribeiro Filho virão a Venturosa em 01 de junho



O governador Eduardo Campos (PSB) deve comparecer ao município de Venturosa para lançamento de campanha de combate à febre aftosa no dia 01 de junho. Junto ao governador devem estar presentes o Ministro da Agricultura Mendes Ribeiro Filho e deputados alinhados ao governo estadual.



Segundo noticiado pelo site últimos fatos : "A informação foi confirmada em primeira mão para o Campo Rural pela Adagro – Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco. Mendes Ribeiro deve se juntar à comitiva do Governador Eduardo Campos e seguir até Venturosa, no Agreste. A cidade a 245 km do Recife foi escolhida para o lançamento da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa. Em Pernambuco a campanha normalmente acontece em maio e novembro, mas a primeira etapa deste ano foi adiada como já noticiamos".

sábado, 26 de maio de 2012

DIRETO DO G1 Produtores do NE afetados pela seca recebem reforço para alimentar gado


Iniciativa do Governo Federal vai disponibilizar 200 mil toneladas de milho.

Pequenos produtores poderão comprar a comida a partir do dia 1º de junho.

Do G1 PE
Comente agora
Os pequenos produtores do Nordeste que estão sofrendo com a estiagem vão poder comprar 200 mil toneladas de milho, para alimentar seus animais. O anúncio foi publicado nesta sexta-feira (25), no Diário Oficial, em uma portaria do Governo Federal. O preço é subsidiado: o saco com 60 quilos de milho vai custar R$ 18,10. No mercado, o produto vale mais que o dobro disso: entre R$ 42,00 e R$ 45,00.

A venda do milho deverá começar no dia 1 de junho. A iniciativa ajuda a suprir a grande necessidade do interior do Estado, onde pastos foram destruídos pela seca, e o gado passa fome. A quantidade de sacos é limitada: cada produtor vai poder comprar três toneladas por mês.

Thays Queiroz, superintendente-adjunta da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab/PE), explica como os produtores podem ter acesso aos alimentos: “Quem vai poder adquirir o milho são os pequenos produtores e agroindústrias de pequeno porte. Eles devem se cadastrar junto à Conab, a gente já tem um modelo desse cadastro. É preciso ainda que eles apresentem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), e o CPF”.

Do blog de Dárcio Rabêlo - Água da Adutora do Pajeú mais perto das torneiras


E-mailImprimirPDF

O drama da seca está caminhando para o fim em 24 localidades dos Sertões do Pajeú e de Itaparica. Um passo decisivo neste sentido foi dado nesta sexta-feira (25) pelo governador Eduardo Campos que, junto com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, autorizou a abertura da licitação para contratação da empresa que ficará responsável pela execução da 2ª etapa da Adutora do Pajeú.
O sistema contará com 402 quilômetros de tubulação, 11 reservatórios, duas unidades de captação e 12 estações elevatórias. A água será captada da 1ª etapa da adutora, localizada em Floresta, e do eixo leste do Projeto de Integração do Rio São  Francisco. Todo o sistema será concluído no final de 2014 e vai beneficiar 169 mil pessoas de 15 municípios pernambucanos, além de outras 61 mil pessoas de oito cidades da Paraíba. O investimento é de R$ 525 milhões, incluindo obras civis, materiais e desapropriações.
Em discurso, o ministro Fernando Bezerra Coelho elogiou o compromisso e empenho do governador na luta pela universalização da água para o povo sertanejo.“Uma obra como essa para ser autorizada precisa de força política, vontade, garra e determinação. E é isso que Eduardo Campos tem conseguido traduzir: a força do voto dos pernambucanos”, elogiou o ministro.
O conjunto de ações anunciado pelo governador foi muito comemorado pela prefeita de Floresta, Rosângela Ferraz Novaes, e também por cerca de 350 pessoas que lotaram a Câmara Municipal. “Seu pacote de bondade trouxe até chuva para Floresta”, brincou a prefeita. Desde o início do ano não havia chovido em Floresta como nesta sexta. “Essa adutora vai beneficiar muitas pessoas, especialmente as da zona rural, porque elas não têm nem um poço para tirar água”, completou Rosângela.
Quem também ficou feliz com a notícia foi a agricultora Maria de Lourdes Silva, 69, que planta milho e feijão num roçado na zona rural. Dona Maria listou os benefícios. “Agora vai dar para criar, plantar, dar de beber, lavar. Vai dar para fazer tudo”, comemorou. O governador aproveitou a passagem porFloresta para prestar contas de todas as ações de enfretamento a estiagem que foram adotadas pelo Estado.
Eduardo destacou que só em obras de recursos hídricos, o Governo do Estado multiplicou os investimentos por cinco. “Até assumirmos em 2006, o Estado investia em todas as áreas R$ 500 milhões. As duas adutoras (Oeste e Pajeú) que estamos construindo, juntas, somam R$ 2,5 bilhões”, disse, ao explicar que a ausência de adutoras agravava e prolongava o problema da seca.
Cerca 42% da 1ª etapa do Sistema Adutor do Pajeú já está concluída. Eduardo, inclusive, foi conferir in loco o andamento das obras. Em outubro será entregue o trecho que levará água de Floresta até Serra Talhada. Quando estiver concluída, os 197 quilômetros de tubulações estenderá o abastecimento até a cidade de Afogados da Ingazeira. Esta etapa da adutora possui ainda quatro reservatórios e seis estações elevatórias. Foram empregados R$ 187 milhões. As obras estão sob a coordenação do Ministério da Integração Nacional e execução do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs). Quando todo sistema (1ª e 2ª etapa) estiver concluído, serão beneficiadas 32 localidades, sendo 20 municípios e quatro distritos pernambucanos.
BENEFICIADOS – Municípios: Floresta, Betânia, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Calumbi, Triunfo, Santa Cruz da Baixa Verde, Flores, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Iguaraci, Ingazeira, Solidão, Tabira, Tuparetama, Santa Terezinha, São José do Egito, Itapetim e Brejinho. Distritos: Canaã em Triunfo,Tupanaci em Mirandiba e Riacho do Meio em São José do Egito. Povoados: Nazaré do Pico, em Floresta. Além de outros oito municípios no estado da Paraíba.
PAVIMENTAÇÃO– Aproveitando a passagem pelo município, Eduardo deu início à restauração dos 84 quilômetrosda PE-390. Conhecida como Transertaneja, a rodovia liga Floresta a Serra Talhada.O investimento na obra é de R$ 19 milhões.
“A recuperação dessa estrada veio no momento certo. Voltaremos a fazer esse trajeto em 50 minutos e não mais em duas horas”, comemorou a educadora Maria Luiza Leal, 33. Nascida e criada em Floresta, ela explicou que a rodovia é muito utilizada pela população, que vai com frequência à cidade vizinha de Serra Talhada para consultas médicas e fazer compras.
De Floresta, o governador seguiu para Petrolina, onde prestigiou a XXIII Feira Nacional da Agricultura Irrigada, Fenagri. Além do ministro Fernando Bezerra Coelho, o secretário de Agricultura, Ranílson Ramos, os deputados federais Gonzaga Patriota e Fernando Bezerra Filho, além de vários prefeitos da região acompanharam o governador.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Do blog de Jamildo: Uma boa notícia para Garanhuns


POSTADO ÀS 19:00 EM 23 DE MAIO DE 2012
O Secretário de Saúde do Estado de Pernambuco, Antônio Figueira, estará em Garanhuns na próxima sexta-feira, 25, onde conjuntamente com o Gestor da V GERES - Gerência Regional de Saúde, Elenílson Liberato, realiza a cerimônia de posse dos membros do Comitê Regional de Prevenção de Acidentes de Moto.

O evento acontece no auditório do Hotel Tavares Correia, às 8h da manhã. Na ocasião também terá início a Operação LEI SECA, que se realiza no município neste final de semana devido o evento Bicho Indoor.

Elenílson Liberato aproveita para convidar a sociedade em geral para estar presente na solenidade, em especial os representates dos órgãos participantes dos 21 municípios pertencentes à regional.

16 Representantes de diversas instituições farão parte do Comitê, órgãos como a própria V GERES, Hospital Regional Dom Moura, 9º BPM, Polícia Rodoviária Federal, Ciretran, Nuprev (PM), Autarquia Municipal de Trânsito, Conselho Tutelar e Diocese de Garanhuns, com a presença do Bispo D. Fernando Guimarães.

Diversas atividades estão sendo implementadas pela V GERES e pelo próprio comitê, algumas em parcerias, como a que foi realizada recentemente pela Diocese em mais de 30 paróquias do Agreste, conscientizando os jovens sobre a pilotagem responsável.

O Comitê Regional de Prevenção de Acidentes de Moto será presidido pelo gestor da V GERES, Dr. Liberato. 

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Agência Pernambucana de águas e clima tem previsão pessimista sobre chuvas


Na tarde desta terça-feira (22), no Sertão de Pernambuco, choveu por uma hora na cidade de Arcoverde, que estava em estiagem fazia dois meses. Também há registro de chuva forte no município de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú.
No entanto, o prognóstico não é positivo. “A chuva desta terça-feira no Sertão do Pajeú foi, como se diz, a 'melhora da morte'", disse Patrice Oliveira, meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Segundo o especialista, essa chuva foi um caso isolado, resultado da estabilização da frente fria, uma vez que a topografia influi muito no clima do local. Oliveira informou também que não há previsão para mais chuvas, porque já a região vive o fim do período chuvoso.
De acordo com a Secretaria Nacional de Defesa Civil, 72 municípios pernambucanos estão em situação de emergência por causa da estiagem. Aqui na Região Metropolitana do Recife, a previsão para esta quarta-feira é de pancadas de chuva.

domingo, 20 de maio de 2012

Não dá pra entender





Não dá pra entender.

Quando você pensa está sendo sensato.
Quando eu penso estou sendo alienado.
Quando você fala está exercendo seu direito.
Quando eu falo estou cometendo um crime.
Se você questiona está sendo sagaz.
Se eu questiono estou encrencando.
Quando você agride está apenas brincando.
Se eu brinco você diz que estou atacando.
Se você provoca está apenas curtindo, "tirando onda",
se eu não concordo estou "me doendo por tudo".
Quando você defende o que quer está sendo corajoso.
Quando eu faço isso estou sendo mesquinho.
Quando você opina sobre o que acha melhor para todos sem perguntar a todos o que eles realmente querem está sendo altruísta.
Se eu digo que não concordo com isso você me acusa de ser egoísta.
Eu não faço parte do "todos"?
Aí você retruca, fala alto, bate o pé, chega a ser violento.
Quando você faz é "paz e amor".
Eu fico na minha, penso e falo que também tenho direito de pensar, falar e escolher.
Aí você diz que eu faço pressão e que isso não é solução.

Não consigo entender essa situação. Só queria que você respeitasse os meus direitos como respeita os seus.

Emerson Luiz.

Estes foram os ganhadores do Concurso Ganhe Ingressos para o Show de Raça Negra em Venturosa:





Foram várias frases enviadas para o e-mail do blog.  Foram mais de 372 visualizações de páginas e várias frases enviadas para o e-mail do blog. E hoje, finalmente divulgamos os vencedores. Cada um receberá um ingresso para o SHOW DO ANO EM VENTUROSA: Raça Negra! 


Ambos responderam corretamente a pergunta: Qual empresa trará Raça Negra a Venturosa? Wandelson Produções.


Estas são as frases e seus autores.


O ano nem terminou e raça negra ja chegou arrasando com o nosso ano, e marcando a nossas festa popular,com wandelson produções que vem para arrasar.


Gilberto Almeida de Melo Neto



O show de Raça Negra será o show do ano porque será uma MARAVILHA. A VIDA INTEIRA Venturosa esperou por esse momento, ouvir  O SOM DA JOVEM GUARDA,  a boa música popular brasileira. 
Não importa o que acontecerá, SÓ SEI QUE VOU. DEUS ME LIVRE perder esse evento, já estou CHEIA DE MANIAS. ME DÊ UMA CHANCE, ME LEVA JUNTO COM VOCÊ, TE QUERO COMIGO lá. 

Drielly Anne

sábado, 19 de maio de 2012

Entre a falta de água e a falta da boa água. Um abordagem sobre a Barragem da Ingazeira em Venturosa

"Enquanto o poço não seca, não sabemos dar valor à água." (Thomas Fuller)


RETROSPECTO DA ESTIAGEM E SITUAÇÃO DOS MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS

Vários órgãos governamentais declararam que esta é uma das piores secas registradas nos últimos quarenta anos. A última estiagem desse porte ocorreu em 1998, quando a população da cidade de Venturosa foi abastecida por caminhões pipa. Nesse mesmo ano o DPNET publicava a notícia: "Água contaminada em Venturosa" (11 de maio de 1998), alertando para a presença de cianofíceas, que são capazes de liberar toxinas, podem contaminar mananciais de água sem que o tratamento de água tradicional e tampouco a fervura sejam eficazes para o tratamento. 

A reportagem associava a má qualidade da água na região atingida pela seca as mais de 60 mortes registradas no Instituto de Doenças Renais de Caruaru. As cidades citadas eram Tuparetama, Carnaíba, Venturosa e Custódia.

Quatorze anos se passaram e o fantasma da seca volta a assombrar a região. No dia 15 do corrente mês 79 municípios decretaram situação de emergência devido aos problemas causados pela grave estiagem. São eles: Afogados da Ingazeira, Afrânio, Águas Belas, Alagoinha, Altinho, Araripina, Arcoverde, Belém de São Francisco, Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Caruaru, Casinhas, Cedro, Cumaru, Custódia, Dormentes, Exu, Flores, Floresta, Garanhuns, Granito, Iati, Ibimirim, Iguaracy, Inajá, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itaiba, Itapetim, Jatobá, Jucati, Jurema, Lagoa Grande, Manari, Mirandiba, Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Pesqueira, Petrolândia, Petrolina, Poção, Pombos, Quixabá, Riacho das Almas, Salgueira, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São José do Belmonte, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira, Tacaimbó, Terezinha, Terra Nova, Trindade, Triunfo, Tuparetama, Verdejantes e Vertentes.

Com o decreto, assinado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil e pelo Ministério da Integração Nacional, as localidades recebem três políticas emergenciais do governo federal: o seguro do Garantia-Safra, o Bolsa Estiagem e a liberação do crédito para os agricultores, financiado pelo Banco do Nordeste.

O município de Venturosa ainda não foi listado no Diário Oficial da União como el estado de emergência, mesmo com várias localidades já dependendo do abastecimento de caminhões pipa. 

Sítio Campo Grande em Venturosa - PE


A SITUAÇÃO ATUAL DA BARRAGEM DA INGAZEIRA



O município de Venturosa encontra-se inserido nos domínios da Bacia Hidrográfica do Rio Ipanema. Seus principais tributários são os rios: Ipanema, dos Bois e Cordeiro, além dos riachos: do Meio, Carrapateira, da Luiza, das Cabeceiras, Chã de Souza, da Pedra Fixe e Simeão. A principal fonte de abastecimento de água é a barragem da Ingazeira, projetada para comportar 4.800.000m3 de água. 

A barragem vem sofrendo há anos com as falhas humanas. A rede de esgoto da cidade é lançada no curso dos seus afluentes, além da mesma receber parte da água de um açude - totalmente poluído - na época das chuvas. Em relatório do IBGE publicado em 2008 já apontava para o assoreamento dos cursos de água e a constante poluição da água no município de Venturosa.

Imagem área do açude de Venturosa - o local recebe os dejetos da cidade. Quando ele transborda suas água são levadas até a barragem da Ingazeira.

Em alguns relatórios e teses acadêmicas a água da Ingazeira já chegou a ser apontada como imprópria para o consumo. Hoje, devido as modernas técnicas de tratamento, a água proveniente dessa barragem pode ser utilizada para várias finalidades desde que não seja ingerida.

Os longos meses de seca agravaram a situação da barragem. O nível de suas águas baixou muito, além disso, a água assumiu uma coloração bastante esverdeada e de acordo com um dos moradores "provoca rachaduras nos pés e inflama as feridas da gente".  




Os moradores dessa localidade tem como principal fonte de renda o trabalho nos plantios de tomate e o a participação na colônia de pescadores.
A exposição a agrotóxicos, além de problemas de saúde para os trabalhadores também pode ocasionar contaminação dos veios de água.   Segundo populares essa atividade tem decaído por conta da crescente diminuição dos níveis de água.

Pescadores também já reclamam da falta de peixes. Um dos poucos em condições de comercialização é o piau, um peixe um pouco que a piaba.

A vila da Ingazeira consome a água tratando-a apenas com cloro e segundo os relatos colhidos alguma pessoas a utilizam sem tratamento algum.

Dali é comum sairem caminhões pipa que revendem essa água sem qualquer tipo de tratamento. Ao serem indagados sobre a finalidade daquela água os encarregados pelo caminhão responderam: "É para o gado".

Mas há possibilidade que outras pessoas vendam essa água e que ela seja utilizada por pessoas.

De acordo com funcionários da COMPESA a barragem pode resistir vários meses sem chuva, mas é chegada a hora das autoridades municipais e estaduais começarem a pensar na preservação dos córregos e rios, na coleta do lixo, na conscientização da população e em ações que revitalizem e despoluam a barragem.

A Terra é nossa mãe e o destino dela será o destino de todos nós.













quarta-feira, 16 de maio de 2012

JULIO CAVALCANTE PEDE MAIS ATENÇÃO AS CIDADES ATINGIDAS PELA SECA


POSTADO ÀS 16:51 EM 16 DE MAIO DE 2012
Foto: reprodução da internet
Durante sessão na Assembleia Legislativa do Estado (Alepe) na tarde de terça-feira (16), o deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB) solicitou ao governador Eduardo Campos ações emergenciais para a seca que castiga o Sertão do Estado. No início do mês, o governo decretou estado de emergência em todos os 26 municípios da região.

Entre as sugestões apresentadas pelo parlamentar estão o reforço no abastecimento de água potável via carro-pipa, abertura de linha de crédito e juros subsidiados aos agricultores, diminuição da alíquota dos impostos incidente na ração animal e o refinanciamento das dívidas dos produtores rurais.

Além disso, o deputado lembrou a necessidade de ações estruturadoras de longo prazo, como a revitalização do maior açude público de Pernambuco, o Engenheiro Francisco Saboya, mais conhecido como Poço da Cruz, em Ibimirim, a modernização do Perímetro Irrigado Moxotó e a construção da Adutora do Agreste.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Convite para Missa de 30º Dia do Senhor Valdecy da Silva



Nesta quarta-feira, 16 de maio de 2012, a Família enlutada convida a todos a participar da Missa celebrada em memória do senhor Valdecy da Silva na Matriz de São José às 19h30 minutos.

"Feliz o homem que suporta com paciência as provações. Porque uma vez provado, receberá a coroa da vida eterna que o Senhor prometeu aqueles que o amam".




segunda-feira, 14 de maio de 2012

Crônica: E os ranços da velha política invadem as novas tecnologias




Há um ditado que diz que "em política se o nosso candidato não tiver qualidades nós criamos uma e se o nosso adversário não tiver defeitos nós inventamos vários". Um pensamento torpe que, infelizmente, pauta a ação de muitos cabos eleitorais e eleitores mais aguerridos. Quem perde com isso? Toda a população.

Numa campanha política está em jogo o destino de uma cidade por quatro longos anos. O gestor eleito pela maioria dos votos deverá saber administrar recursos nem sempre necessários para assegurar serviços de educação, saúde, saneamento básico, emprego e desenvolvimento e tem o dever de esclarecer a toda a população como pretenderá fazer isso.

Então, há um esforço maciço para que esta exposição de ideias não venha a acontecer. Antes que se possa perceber a fragilidade de determinado candidato é necessário destruir a imagem dos opositores. E para isso vale tudo:

Acusar de falta de simpatia ou excesso dela; de não ter serviços prestados ou só os ter com interesses mesquinhos; de não estar interessado no bem comum e só ter amor ao dinheiro, etc. Claro que isso só pode ser dito para a oposição. A situação deve permanecer casta e imaculada. Única representante legítima dos interesses populares. 

Nesse jogo somos capazes de assistir os perseguidores se vestirem de vítimas e promover ameças de violência contra eles mesmos para ganhar a simpatia do povo. Assim se desenha o espetáculo político.

E o que ocorre com os que pensam diferente? Sofrem do mesmo destino. Por expressarem descontentamento ou se dispor a ouvir propostas diferentes são acusados de "corruptos", "sem moral", "traidores", etc.

E o pior, são chamados de sem opinião por manterem sua opinião apesar das pressões. 

Violência gratuita velada pelo anonimato.

Certa vez um professor afirmou em um de seus escritos: "Falamos do que não temos, do que mais desejamos". Será que isso se aplica a violência e truculência dos "já ganhos"?

Por vezes tento evitar escrever tais posts. Tenho leitores de ambos os grupos políticos existentes em Venturosa. Respeito a todos e tento transparecer isso em meus atos, mas como disse Luther King Jr. : "O que me preocupa é o silêncio dos bons". Não posso calar enquanto injustiças são cometidas. 

A boa política se pauta em propostas viáveis e de interesse público, não em ataques pessoais que muitas vezes não ultrapassam o ridículo da calúnia e da difamação.

Os discípulos de Maquiavel deixariam o mestre decepcionado. 

E enquanto esperamos campanhas pautadas em propostas, com debates entre os candidatos e o respeito mútuo entre os partidários, em algum lugar discreto, cabeças se reúnem e confabulam sobre quem vai ser o próximo a ser ofendido.










Sou Sport, mas tenho que dar o braço a torcer: PARABÉNS SANTA CRUZ


CAMPEÃO PERNAMBUCANO DE 2012

DO blog do povo na Net


POVO NA NET

A indústria da Seca

Publicado em 08.05.2012, às 07h36


Meteorologistas já apontam 2012 como um ano atípico com uma realidade que não se via há mais 30 anos
Meteorologistas já apontam 2012 como um ano atípico com uma realidade que não se via há mais 30 anos
Foto: Reprodução/Internet

Por Diego Martinelly
A seca volta a castigar municípios de várias cidades do Nordeste. Só em Pernambuco, o governo federal já reconheceu mais de 45 cidades em estado de emergência. Os meteorologistas e representantes de órgãos ligados à agricultura já apontam 2012 como um ano atípico e que esta realidade não se via há mais 30 anos na região.

As boas notícias que pairavam no cenário econômico do Nordeste deram lugar às cenas de localidades rachadas pelo sol, animais mortos, plantações perdidas e de pessoas desoladas à espera de ajudas governamentais. Até quando vamos continuar presenciando esta situação? É difícil enxergar mudança neste cenário porque, infelizmente, ainda temos abutres se beneficiando do sofrimento do povo.
Contratos bilionários são firmados nesta época para que carros-pipas abasteçam as comunidades, poços artesianos sejam perfurados e cisternas sejam construídas. São meras ações paliativas que ficam no imaginário de quem está morrendo e ainda garantem o futuro ou o prolongamento do mandato dos vereadores, prefeitos e governadores da região. Em 1953, cansado de ver animais e pessoas morrendo por uma das maiores secas que castigaram esta região, o símbolo da música nordestina, Luiz Gonzaga, retratou em versos o pedido de socorro aos governantes da época. Na canção “Vozes da Seca”, Gonzaga dizia assim:
Dê serviço a nosso povo; Encha os rios e barragens; Dê comida a preço bom; Não esqueça a açudagem; Livre assim nóis da esmola; Que no fim dessa estiagem; Lhe pagamo inté os juros; Sem gastar nossa coragem
Se estivesse vivo, o Rei do Baião poderia até regravar esta canção porque a realidade continua a mesma. As esmolas começaram a ser liberadas, o pedido para que encham as barragens e os rios continua, e o trabalho praticamente não existe nas lavouras porque foi tudo perdido.

Já estamos pagando os juros com a transposição do Rio São Franscisco, obra que deveria ficar pronta este ano, mas que, por atraso, só deve ser concluída em 2015. Os anos vão se passando e o custo da transposição também aumenta. Agora o jeito é ter coragem para escutar mais promessas neste ano eleitoral.
*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Do blog de Jamildo: SDS afirma que tenente-coronel tirou a vida por conta de dívidas


versão do governo


POSTADO ÀS 17:01 EM 10 DE MAIO DE 2012
Na foto, o tenente-coronel aparece à direita
Foi por estar endividado que o tenente-coronel do 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM) Marinaldo Lima, 49 anos, tirou a própria vida no início da tarde desta quinta-feira (10), no prédio da Secretaria de Planejamento (Seplag), localizada na Rua da Aurora, em Santo Amaro, área central do Recife. A informação é do secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, em coletiva de imprensa realizada no fim desta tarde. Segundo o secretário, Lima chegou ao prédio por volta das 13h e procurou um amigo (o secretário-executivo de Gestão, Bernardo Almeida) para conversar.
"Ele estava de férias e não foi à Seplag para a reunião do Pacto pela Vida, que acabou às 11h30", declarou Damázio. Lima conversava com o amigo sobre as dívidas, quando pediu um copo de água. Quando o colega voltou, ele estava com a pistola apontada para a cabeça e atirou.  Outras duas pessoas que estavam em outras salas viram a morte do tenente-coronel pelas paredes de vidro.
Questionado sobre os boatos de que Lima estava recebendo muita pressão, Damázio afirmou que "isto está fora de cogitação". "A área do Batalhão que ele comandava reduziu o número de homicídio em 49% no último quadrimestre. Ele e a equipe estavam para receber uma gratificação por isto", declarou.
Marinaldo Lima era policial militar há 30 anos. Nos últimos nove meses, estava à frente do 13º Batalhão e, antes disso, comandou durante cerca de 2 anos o 1º Batalhão.

Precisamos amadurecer enquanto Nação


quarta-feira, 9 de maio de 2012

Dê um pouquinho de poder

DO BLOG A PRANCHETA